Paleta de cordeiro e spaghetti ao pesto de hortelã

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Há poucas coisas tão maravilhosas quanto uma paleta de cordeiro. Se for de boa procedência, de açougue e criador bem recomendados, melhor ainda. E foi uma desta que eu peguei: peça de quilo e meio, com gordura bem distribuída e bem carnuda.

O preparo foi simples: Rápida marinada em vinho branco, sal, pimenta, folha de hortelã e alho. Suco de limão cairia bem, mas estava em falta na despensa. A peça foi para o forno bem quente com toda a marinada e em cerca de uma hora estava dourada e suculenta.

Para acompanhar, algo também muito simples. Um spaghetti com pesto de hortelã bem fresquinho.  No pilão de almofariz colocamos folhas de hortelã bem frescas, nozes pecã picadas, sal, pimenta do reino e um fiozinho de azeite extra virgem. Daí é o trabalho paciente de ir amassando os ingredientes, sentindo o hortelã soltar seu perfume e seus óleos, as nozes liberando seu sabor… Depois é ir adicionando azeite e queijo parmesão ralado até chegar ao ponto que desejar para o pesto.

A combinação é simples e deliciosa.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*