Farofa de pinhão

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestmail
Print Friendly, PDF & Email

Receita de farofa, todo mundo tem a sua. Provavelmente a melhor, e se não for a sua é a da sua vó. Não é verdade? A farofa de pinhão é só uma ideia deliciosa para ampliar o repertório com esta iguaria que nasce nas araucárias do sul do Brasil. Pinhão é uma delícia e tem muitas formas de ser utilizado.

Na verdade trata-se da semente da araucária e é fonte de fibras, proteínas, carboidratos e de minerais importantes como o potássio, o cálcio, o ferro e o zinco.

Aqui no blog já publicamos algumas receitas com pinhão, mas estão longe da dar conta das múltiplas possibilidades desta gostosura.

O pinhão

Antes de tudo, é preciso cozinhar o pinhão. Nós usamos panela de pressão, que é mais rápido e econômico, mas pode ser simplesmente numa panela comum, neste caso vai precisar pelo menos umas duas horas de cozimento.

Não requer prática nem habilidade: coloque o pinhão na panela, cubra com água, tempere com sal, e deixe o fogo fazer seu trabalho. Na pressão 40 minutos é suficiente.

Preparo

Descasque pinhão até encher uma xícara. Como descascar? É só apertar a parte mais gordinha do pinhão que, se ele estiver cozido, vai ejetar o miolo, que é a parte que se come. Pode-se usar um alicate ou um descascador (no sul é fácil de encontrar). Os mais tradicionalistas dizem que se faz a operação com os dentes, mordendo a parte referida.

O importante é que se tenha cerca de uma xícara de pinhão descascado e cortado ao meio (nós optamos por cortar na longitudinal, mas aí é a gosto de cada um.

A farofa

Os ingredientes, além do pinhão, são poucos:

  • Uma cebola roxa pequena

  • Um dente de alho

  • Cebolinha verde e salsinha picadas

  • Sal e pimenta a gosto

  • Farinha de mandioca

Numa frigideira aqueça um pouco de azeite de oliva e/ou manteiga e refogue a cebola cortada em fatias finas. Logo mais junte o alho e, em seguida os pinhões. Deixe refoga tudo junte um pouco e vá adicionando farinha de mandioca.

A quantidade de farinha varia com o gosto de cada um, só vai influenciar na proporção, mais ou mensa com elação aos pinhões. Uma xícara, a mesma quantidade de pinhão rende uma farofa em que o pinhão fica bem evidente!

Por fim, tempere com sal e pimenta do reino a gosto e agregue a salsinha e a cebolinha.

Claro que isto é um ponto de partida. Você pode incrementar a farofa ainda mais, com o que achar que combina. Afinal, farofa cada um tem a sua…

O que importa é que esta farofa vai bem com carnes, aves ou peixes. Versátil mesmo. E, cá entre nós, pelas suas propriedades nutritivas, pode ser uma refeição em si.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*