Polpetone

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly

Polpetone engana. Quem vê o prato vistoso acha que deu uma trabalheira danada, mas ele é muito fácil de fazer. Há inúmeras receitas deste fantástico bolo de carne. Todas são simples e a minha versão não deixa por menos.

Com 400g de carne moída (usei coxão duro) se faz para duas pessoas. E basta colocar a carne numa tigela, acrescentar um ovo e os temperos de sua preferência. Eu usei um dente de alho passado no espremedor, uma pitada de páprica picante, sal e um mix de ervas finas. Aí é só amassar com as mãos até a massa ficar lisa e homogênea. Depois é só colocar um bom pedaço de mussarela no meio do bolo, formatá-lo e levá-lo para o forno alto, por cerca de 45 minutos (o tempo varia de acordo com o tamanho do polpetone).

Enquanto o polpetone assava fiz um molho de tomate básico, com muito manjericão. Refoguei meia cebola bem picadinha com um dente de alho também cortado miúdo e logo juntei uma lata de tomates pelados previamente triturados com um mixer. Sal, pimenta calabresa seca um galho de manjericão fresco completaram o cenário. É deixar curtir em fogo baixo.

Quando o polpetone estiver dourado e cozido por dentro, derrame generosa concha de molho sobre ele e espalhe parmesão ralado sobre o bolo. Volte para o forno com o gratinador ligado até o parmesão fazer a crosta crocante e perfumada que se deseja.

Sirva com massa aproveitando o molho de tomate.

 

5 Comments

  1. Cláudia Lopes Castanheira says:

    Hum….testado e aprovado. Foi um sucesso aqui em casa. Abs.

  2. Olá que delícia de blog! Também faço polpetone em casa e sempre é um sucesso! beijos, Bruna

  3. Vou fazer agora para experimentar.

    O blog de vocês agora é meu guia pra todos os fins de semana (só posso cozinhar aos sábados e domingos, pelo tempo).

    Hoje vou fazer pela primeira vez o molho de tomate. Com certeza será melhor que os prontos que costumo comprar.

    Obrigado pelas dicas!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*