Frango ao marsala e queijo brie

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Frango

Peito de frango, queijo brie e vinho marsala. Esta combinação gerou um dos pratos com mais personalidade que saíram de nossa cozinha nos últimos dias. A coisa é simples, mas o resultado impressionou.

A primeira coisa que fizemos foi um corte longitudinal nos bifes de peito de frango, criando uma “bolsa”, como que para rechear o frango. Em seguida temperamos com sal e pimenta com limão (vendem em potinhos com o nome em inglês lemon pepper). E então preenchemos o corte com generosos pedaços de queijo brie.

Como a consistência do brie e cremosa já sabia que o resultado não seria um frango recheado. Mas eu queria que o queijo derretesse dentro da carne, impregnando seu sabor na parte interna dos filés.

Quando levamos a carne para a frigideira bem quente, apenas com um fio de azeite, vimos o frango dourar e, aos poucos, o brie começar a escorrer pelo corte. Viramos o frango e adicionamos lentamente, por cima da carne, um copo de vinho marsala (na falta dele pode-se usar um branco seco, ou outro de sua preferência). O vinho, além de emulsionar sucos e “queimadinhos” do fundo da frigideira, juntou-se ao queijo derretido, criando um molho aveludado e com sabor intenso.

Neste ponto tampamos a frigideira para que o frango cozinhasse por inteiro e, vez que outra, com uma colher, regávamos os pedaços de carne com o molho. Nos minutos finais acrescentamos folhas de sálvia picadas sobre a carne, o que também oferece muita intensidade.

O resultado foi uma carne suculenta com um molho aveludado e com sabor marcante. Ideal para acompanhar um simples arroz, ou batatas cozidas. Foi um show.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*