Receitas

Petisco crocante de polvilho e batata doce

Share

Aproveita o petisco crocante de polvilho e batata doce e se joga neste textão. Vamos contar um pouco sobre a nossa volta às receitas nesta jornada que tem sido esse tempo pandêmico.

Antes de tudo, precisamos lembrar que compartilhar receitas neste espaço, sempre foi uma alegria pra nós. Nunca tivemos muita preocupação em atrair patrocinadores, brindes ou coisas do gênero. Mas o fato é que a pandemia bagunçou um tanto a vida de todos nós, não é mesmo? No começo desta jornada tentamos ao máximo ajudar, ensinar e motivar as pessoas a irem para a cozinha. Aparentemente fomos bem sucedidos. Mas durante este tempo, muitas vezes, nos vimos muito entristecidos, muito chocados com os rumos que o país tomou, com a volta da fome e da miséria. Isso nos tirou a energia necessária pra estar mais presente e atuante no blog.

Comida é vida e afeto. Nesse espaço exercitamos coisas que gostamos: escrever, fotografar, conhecer gente interessante, aprender, cozinhar, comer…

A medida que os anos foram passando, fomos confirmando nosso modo de ver os alimentos, inclusive para perceber a necessidade de nos alimentarmos melhor. Ficou cada vez mais clara a dimensão política do ato de comer. A pandemia  nos mostrou que algumas ações, como saber a procedência da comida e entender a cadeia dos produtores – entendendo especialmente o processo da agricultura familiar, são fundamentais para se ter a tão almejada qualidade de vida.

Neste tempo pandêmico cozinhamos muito. Aprendemos coisas novas. Orientamos o olhar para coisas que, para nós, realmente importam. Olhamos, por exemplo, mais os beija-flores que hoje frequentam a nosso apartamento e muitas vezes nos saudam na janela do escritório pra dar um “oi”. Nos embrenhamos em livros e leituras que antes eram deixadas pra depois. Nesse tempo aprendemos sobre a saudade, sobre transformar  e inventar maneiras de conviver (já experimentamos até jantar online!), nos solidarizamos e buscamos refúgio em pequenas alegrias. Fomos e somos muito privilegiados. Isso nos permitiu redimensionar a vida, mas jamais esquecer o tamanho da desigualdade no nosso país. Neste momento nos sentimos muito mais autênticos no sentido de valorizar a vida e buscarmos frestas para encontrar um modo de viver mais leve e, de fato, mais simples.

Um petisco para recomeçar

Dito tudo isso, voltamos! Continuaremos escrevendo, por mais que digam que as pessoas não leem mais. Sabemos que a maioria prefere vídeo, ou receitas nas redes sociais, mas fazer o quê? A gente gosta de conversar. Vem com a gente! Este site é como uma casa virtual, cabe todo mundo, e é a gente que recebe e não os metadados definidos pelos algoritmos.

Pra recomeçar escolhemos uma receita pra lá de fácil e prática, super leve. Cheia de nutrientes e muito delícia. Vai bem com bebida gelada, pra beliscar durante um filme ou receber amigos com um bom deep. Quando guardados em pote hermeticamente fechados ficam crocantes por vários dias.

Petisco crocante de polvilho e batata doce ( receita da @laisnacozinha)

Ingredientes

250 g de batata doce cozida e amassada ⁣
250 g de polvilho azedo⁣
80 ml de azeite⁣
2 colheres de sopa de chia⁣
1 colher (chá) de sal⁣
200 ml de água( ir colocando aos poucos – não precisa ser quente)⁣

Modo de fazer


Não tem mistério. Misture todos os ingredientes e vá acrescentando água aos poucos. A quantidade de água varia, dependendo da umidade da batata doce. Como cozinhamos a batata em água, normalmente sobra. ⁣
Gosto de achar o ponto da massa mexendo nela numa bancada. O ponto é quando ela atingir a textura de massinha de modelar, não pode estar grudando nas mãos e nem quebradiça.⁣

Esta massa tem um gosto muito básico, ideal para colocar temperos dos mais variados tipo. Adoro colocar páprica picante. Vale colocar ervas ou sementes, como a chia.

Enrole no formato de fazer palitinhos finos, coloque numa forma e leve ao forno até dourarem e estarem crocantes.⁣ Neste ponto a dica é que deve ficar mais crocante mesmo, caso contrário ele vai ficar “molenguinho”.

Deixe um espaço entre os palitos pois eles crescem no forno e se grudarem não ficarão crocantes.⁣

Tente fazer da mesma espessura e tamanho pra assarem por igual.⁣

Resista se puder!

Siga-nos nas redes e salve as suas receitas no Pinterest. 

 

Recent Posts

Sanduíche de frango, bacon e guacamole

Transportar combinações clássicas para dentro de um pão é fascinante. O nosso sanduíche de frango,…

3 meses ago

Tempura de camarão e legumes

Os clássicos legumes e frutos do mar envoltos em massa e fritos são considerados clássicos…

4 meses ago

Salada de folhas verdes, maçã, nozes e molho de laranja

Seguimos no tema: saladas de verão. Saladas lindas e deliciosas pra romper de vez essa…

4 meses ago

Biscoitos caseiros sem lactose

Que tal fazer biscoitos crocantes, gostosos e lindos? Hoje foi dia de experiementar estes deliciosos…

4 meses ago

Salada de repolho, beterraba e arroz

  Salada e verão combinam muito. Ah, mas você acha que salada é uma coisa…

5 meses ago

Paleta suína com maçãs

Se você gosta de comida rápida que se faz ligeirinho, nem continue lendo essa receita.…

9 meses ago