Sanduíche gratinado

Na geladeira tinha um bife de contrafilé que sobrou do almoço. E ele foi designado para ser a parte “de peso” do sanduíche da noite. Nada demais além do capricho que deixa um lanchinho sem pretensões com cara de uma refeição bacana para curtir a dois.

O pão escolhido foi um integral de forma, fresquinho é claro. Para cada sanduba três fatias. Na de baixo uma base leve de maionese, só para dar uma molhadinha e um pedaço do bife cortado em tirinhas bem fininha. Uma fatia de tomate (o tomate era grande e praticamente ocupou todo o pão) e uma fatia generosa de queijo. No segundo andar a base foi de mostarda amarela e catchup, também levinha, para dar umidade e um certo sabor, e fatias de queijo e presunto magro. A terceira fatia foi recoberta com uma camada de cream cheese e uma fatia de tomate.

A passagem dos sandubas pelo forno (só o gratinador ligado) foi fundamental para dar crocância às beiradas do pão, para derreter o queijo e misturar os sabores. A saladinha de alface foi servida ao lado, para não murchar no calor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Sanduíche gratinado”