Peixe empanado e purê de batata baroa

0

Cubos de peixe empanado e purê de batata baroa formam uma dupla que se destaca pelo contraste de texturas. Crocância e maciez se completam numa garfada que ocupa todas as áreas sensíveis do paladar. Um espetáculo que se completa com uma salada fresca e faz de qualquer refeição um grande momento.

A gente tinha uma posta grossa de pescada branca, um peixe mais firme que nos leva imediatamente a pensar em um ensopado ou uma moqueca. Mas preferimos transformar a posta em cubos de uns 2,5 cm, um pouco maior que iscas. Empanados e fritos os pedaços ficaram suculentos e macios e, claro, com a crosta crocante.

Ingredientes

  • 300g de peixe em cubos (usamos pescada branca)
  • 500g de batata baroa (mandioquinha)
  • suco de meio limão
  • 1 xícara e farinha de trigo (para empanar)
  • 2 ovos (um para empanar, outro para o purê)
  • 1 xícara de farinha de rosca (usamos farinha panko)
  • 3 colheres de chá de pimenta rosa
  • ½ colher de sopa de manteiga
  • Sal e pimenta a gosto

Empanando o peixe

O peixe já cortado, temperamos com o suco de limão, sal e pimenta do reino moída.

Empanar é aquele ritual: passar a carne primeiro na farinha de trigo, depois no ovo e, por fim na farinha de rosca. Aqui tem um post com detalhes sobre o milanesa perfeito, que se aplica a vários tipos de carnes e vegetais. Não tem mistério.

Depois de empanado a gente frita em imersão, de preferência com uma quantidade de óleo que cubra completamente os pedaços. Depois é só escorrer num papel absorvente para tirar o excesso de óleo.

O purê de baroa

O purê de batata baroa, também chamada de mandioquinha, não requer grandes habilidades. A gente descasca a batata e corta em pedaços pequenos e coloca para cozinhar com água e sal (comece com água fria para que a batata cozinhe aos poucos). Quando a batata estiver desmanchando, escorra a água e amasse a batata até formar um purê (se preferir, use um processador). Aí adicione a manteiga e um ovo batido e mexa bem até o purê ficar cremoso e aveludado. Então tempere com sal e pimenta a gosto e dê o toque diferencial: a pimenta rosa levemente esmagada com uma faca ou, de preferência, num pilão.

A batata baroa é levemente adocicada e a pimenta e mais a pimenta rosa vão criar um contraste incrível. A pimenta rosa não é ardida, só é perfumada e gostosa.

Prato montado

Nós servimos o peixe sobre o purê, apostando tudo no contraste de texturas. Mas para ir além abusamos com uma salada de palmitos e tomates e folhas de alface fresquíssimas. O prato fico bonito, e delicioso, como deve ser. Peixe empanado e purê de batata baroa é só alegria.

Comida para mais um fim de semana isolados, deste ano que ficará pra sempre em nossas memórias.

Siga-nos no Pinterest e salve as suas receitas preferidas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui