Bolinho de feijão

Noite de sábado. Certa preguiça e pouca fome. Ir no supermercado, nem pensar.

Na geladeira havia uma tigela com um feijão que fez parte do cardápio da semana. Feijão azuki bem temperadinho, com ênfase no alho e num fundo de pimentão sensacional. Obra da Soninha!

Então peguei a tigela e coloquei o feijão no processador com dois ovos, mais ou menos meia xícara de farinha de trigo e umas duas colheres de chá de fermento em pó. Bati e voltei para a tigela, acrescentei mais um pouco de farinha para dar mais firmeza à massa e corrigi sal e pimenta.

Com duas colheres fui formatando a massa e colocando os bolinhos no óleo quente. Tem coisa mais simples?

Autocrítica

Alguns caprichos potencializariam os bolinhos de feijão, que já ficaram bem apetitosos: depois de tirar do processador recomendo misturar na massa uma boa porção de salsinha fresca, uma porção de cebola refogada picadinha e, quem sabe, até um torresminho bem miúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Bolinho de feijão”