Canelones de frango e espinafre

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly

 

Tínhamos no congelador algumas folhas de massa de lasanha caseira congelada. Descongelamos por algumas horas e passamos por água quente, para uma escaldada breve. Claro que para fazer canelones pode-se usar massa própria para eles ou mesmo massa de lasanha de pacote. Mas já que tínhamos a caseira…

Para quem não sabe, canelones são pedaços de massa grandes que se enrola como se fosse uma panqueca. É uma delícia típica da cozinha italiana que aceita vários tipos de recheio.

O nosso recheio

Cozinhamos um peito de frango sem osso em água com sal e uns grãos de pimenta. Quando pronto desfiamos. Numa panela bem quente colocamos um fio generoso de azeite e logo o frango desfiado, que refogou até dourar.

O frango douradinho recebeu a companhia de uma cebola picadinha e dois dentes de alho. Temperamos com sal, pimenta a gosto, um pouco de orégano e alecrim. Usamos um cálice de vinho branco seco para juntar os sabores.

Aí entra o espinafre. Um maço de espinafre lavado e picado (não muito pequeno) que entra na panela e vai amolecendo e diminuindo de volume, até se misturar com frango desfiado. Por fim juntei uns cubinhos de tomate fresco sem semente, para dar cor e frescor. O tomate nem precisa cozinhar.

O molho

Optamos por cobrir os canelones com um molho branco de queijo. Para fazer derretemos duas colheres de manteiga numa panelinha e juntamos à manteiga derretida duas colheres de farinha de trigo cheias. Misturamos sem deixar dourar retiramos do fogo e colocamos meio litro de leite, aos poucos, mexendo para evitar grumos. Voltamos ao fogo até cozinhar.
O molho se tempera com sal, pimenta branca e nós moscada ralada na hora. Tudo conforme o gosto. Finaliza-se o molho com meia xícara de queijo tipo suíço ralado, que deve derreter e encorpar o molho.

Montagem

Pegue as massas uma por uma, coloque uma boa colher do recheio e enrole cuidadosamente, colocando os rolinhos, os canelones propriamente ditos, lado a lado. Cubra com o molho branco e, sobre tudo, polvilhe queijo parmesão ralado sem economia. Leve ao forno para gratinar até o parmesão virar uma delicada casquinha dourada.

É um banquete!

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*