Bolinho de amêndoa com framboesa – Glúten free

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestmail
Print Friendly, PDF & Email

Bolinho de amêndoa framboesa

Outro dia vi por acaso num programa destes de culinária (não lembro qual) a receita de um bolinho com farinha de amêndoa. Chamou minha atenção pelo fato de não usar farinha de trigo. Como temos um sobrinho com doença celíaca anotei a receita.

Passando no mercado de orgânicos, eis que achei framboesas congeladas (uma raridade aqui!) e farinha de fécula de batata. Logo lembrei-me da receita e resolvi investir nos ingredientes para testar uma novidade aparentemente muito fácil.

Só posso dizer que funcionou e ficou muito bom.

Bolinho

Para os bolinhos:

– 1 xícara de farinha de amêndoa (para fazer a farinha basta colocar amêndoas no liquidificador e bater até triturar)

– ½ xícara de farinha de arroz (usei fécula de batata)

– 1 xícara e ½ de açúcar de confeiteiro

– 180 g de manteiga derretida

– 5 claras de ovos

– raspas de laranja ou limão (não usei)

– fruta de sua preferência (pode ser morango partido ao meio, mirtilo ou framboesa)

Numa tigela coloque as farinhas de amêndoa e arroz e o açúcar de confeiteiro. Acrescente as claras (sem bater) e a manteiga derretida. Misture tudo com um batedor. Fica uma massa bem líquida. Distribua a massa em forminhas de cupcake, devidamente untadas com manteiga. No centro do bolinho coloquei pequenas porções de framboesa congelada (use a fruta de sua preferência).

Em seguida leve ao forno aquecido a 170 C por aproximadamente 15 minutos ou até dourarem e, ao fazer o teste do palito, ele sair sequinho.

Este bolinho foi uma boa surpresa. Sabores delicados, doce na medida. Foi um delicioso acompanhamento para um café da tarde.

 

3 Comments

  1. Olá “Dois”! ; )
    DICA: Neste sábado fui a feira de orgânicos no Pq da Água Branca. Um dos produtores trouxe framboesas in natura. Nham, nham. uma delícia, vale a pena.

  2. Quem tem restricao de acucar, pode substituir por adocante forno e fogao ?

    • Gastão Cassel says:

      Olha, nunca testamos. Talvez reduzindo um pouco a quantidade para não ficar doce demais. Achamos que vale tentar, mas é uma tentativa… Abçs e obrigado pela visita.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*