Sanduíche de lombinho com abacaxi

Sanduíche é bom. Se for um clássico delicioso, melhor ainda. O de lombinho com abacaxi é um clássico do restaurante Cervantes, do Rio de Janeiro. Aliás lá é na verdade de pernil, mas acho que as variações de lombinho, pernil ou qualquer outra carne suína não prejudica o espírito da combinação harmoniosa.

Pode-se até assar um pernil, ou um lombo, ou uma paleta exclusivamente para fazer sanduíches, mas no geral o que acontece em casa é que o façamos com excedente de outras refeições. Coisa que na época de final de ano acontece bastante.

Mas vamos ao sanduíche. Usamos um pedaço de mignon suíno que foi rapidamente marinado em suco de limão, shoyu, sal, pimenta, orégano e manjerona. Ficou quase uma hora no forno até ficar no ponto em que está assado mas não perde a suculência. Fatiamos e pronto.

O abacaxi, bem maduro e exalando seu perfume, foi descascado e cortado em fatias, e as fatias cortadas em quatro, retirando-se o miolo. Depois os pedaços foram para uma frigideira só com manteiga: foram salteados por uns sete minutos.

O sanduíche foi montado em uma baguete, mas pode ser num simples pãozinho francês. Alterna-se fatias de carne com os pedaços de abacaxi e pronto. A pergunta que não quer calar: Não fica muito seco? Não! O abacaxi se encarrega de soltar um suco misturado com manteiga que fica uma maravilha no pão.

A dica é não economizar nos temperos da carne. Quanto mais picante, mas contraste vai fazer com a fruta. Mais delicioso vai ficar.

 

2 Comments

  1. Gastão, parabéns pela participação no evento Veja Comer & Beber – SC.
    Bjs

  2. Em casa adoramos este sanduiche, eu gosto de fazer com pão de centeio, alface e um fina camada de maionese, mas eu uso peito de peru, vou experimentar com a sua sugestão. É perfeito num dia quente!
    Abs.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>