Ravioli de carne ao sugo

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Adoro raviolis. Absolutamente não estes de supermercado, com aquele recheio sem gosto ou, pior, com gosto de coisa industrializada. Então,  numa noite de sexta-feira que foi bem puxada, nada melhor do que relaxar na cozinha, manipulando uma massa, misturando as coisas com toda a calma do mundo.

O ravioli é fácil de fazer embora dê algum trabalho. Na relação trabalho/satisfação o desfrute do prato ganha com muita vantagem. Ainda mais se o resultado for um bem rechonchudo, farto de recheio e com uma massa com textura firme e macia ao mesmo tempo.

A massa

Fazer a massa não tem mistério nenhum. Para cada 100g de farinha de trigo de boa qualidade adicione um ovo. Simples assim. No caso usei 200g e dois ovos, já que a relação de 100g de massa por pessoa é a recomendada. Quando a gente vai misturar os dois ingredientes há um momento de pânico. Como o melhor é misturar com as mãos, no início a coisa vira um grude que a gente acha que nunca mais vai desgrudar das mãos. Mas com jeito se vai fazendo a farinha “entrar” na mistura e em alguns minutos teremos uma massa lisa e elástica e, pasmem, as mãos limpas.

Aí é só esticar a massa com um rolo de macarrão ou, quem tiver, com um cilindro mecânico para massas. Aqui usamos o velho e bom rolo de madeira.

Recheio

É possível criar recheios de todo tipo para raviolis, mas nesta oportunidade optamos pelo clássico recheio de carne.

Na frigideira quente coloquei 500g de carne moída e deixei dourar. Acrescentei uma cebola pequena picada, uma cenoura pequena ralada bem fina e um dente de alho picadinho. Temperei com uma colher sopa de molho inglês, sal, pimenta preta moída e uma pitada de páprica picante. Deixei ficar sequinho e pronto.

A montagem

A massa esticada foi cortada em círculos de oito centímetros, com um aro apropriado, mas pode-se fazer com qualquer coisa redonda (copo, pires, cálice, etc.). Usamos dois círculos para fazer cada ravióli. Sobre um deles colocamos uma quantidade farta de recheio e com o outro cobrimos e fechamos o ravióli. Para colar as bordas usamos um pouco de clara de ovo e depois comprimimos com um garfo.

Os raviólis montados foram para a panela com água salgada e fervente por cerca de quatro minutos, até a massa ficar “al dente”. Servimos com o tradicional molho de tomate e um insubstituível queijo ralado por cima. Ficou um espetáculo.

 

One Comment

  1. puts, e eu comprei um pacote ontem achando que ia abafar…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*