Tortinhas de siri

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Turista em Florianópolis quer comer frutos do mar, sempre. Então, para receber uma turma que veio de Vacaria fizemos de entrada tortinhas de siri. Meu irmão Arno e a cunhada Angelita e os amigos Elói e Andrea se esbaldaram.

A tortinha é daquelas coisas que não requerem prática nem habilidade para fazer:

Numa frigideira quente com um pouco de azeite coloca-se 1kg de carne de siri. Ao refogar a carne vai soltar muita água, que a gente deixa secar. Aí coloca-se uma cebola picada e pimentões verde e vermelho a gosto (eu gosto que tenha bastante), tudo picadinho. Vai soltar mais água que a gente deixa secar. Depois entra-se com dois tomates picados (com pele e semente mesmo) e nets ponto corrige-se o sal e tempera-se com pimenta e as ervas que se achar interessante. Depois que o tomate soltar sua água e ela secar, coloca-se uma garrafinha de leite de côco e… deixa-se secar. Neste ponto muita salsinha picada fica uma beleza.

A “massa” pronta a gente acomoda em ramequins (potinhos que podem ir ao forno) e cobre com ovo batido, abrindo levemente a massa com um garfo para que o ovo penetre. Sobre tudo um punhado de queijo ralado. Depois é só levar ao forno para gratinar.

A torta também pode ser feita em um refratário grande ao invés de porções individuais. Fica bom igual. Pode-se servir como entrada ou como acompanhamento para um bom peixe.

Angelita, Arno, Andreia e Elói

 

One Comment

  1. grande receita. fiz ontem. ficou delicioso.
    parabéns pelo blog.

    um abraço

    vinícius alves

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*