Confit de limões

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Limao Confit

Muitas vezes o brilho de uma preparação está no uso de um ingrediente, singelo na maior parte das vezes. Ter limões confitados a mão é sempre uma arma secreta para incrementar receitas e dar aquele toque diferenciado.

Mas que diabo são limões confitados? Na verdade é uma conserva de limões armazenados em sal grosso que se pode usar como tempero em inúmeras receitas, de saladas a pratos quentes, de marinadas a sanduíches.

E como se faz? Muito simples. Antes de tudo se precisa de um pote de vidro hermeticamente fechado. Depois uma quantidade de limões sicilianos compatível com o volume do pote. Com o recipiente e as frutas bem lavadas e secas começa-se o preparo: basta fazer um corte em cruz nos limões (sem separar os pedaços) e colocar dentro do pote. As poucos vá ocupando o espaço que sobra em torno dos limões com sal grosso e alguns grãos de pimenta (há quem use também cravo, canela e outras especiarias, mas não foi o meu caso).

Quando o vidro estiver completamente cheio vede-o e envolva em papel alumínio para que não pegue luz. Deixe na geladeira por pelo menos um mês. De vez em quando é bom dar uma chacoalhada no vidro para que as coisas possam ir se acomodando lá dentro.

Depois de um mês dá para começar a usar os limões. Basta pegar e cortar para adicionar à sua receita. Em alguns casos é bom enxaguar para tirar algum excesso de sal. A casca (mesmo com a parte branca) intensifica seu sabor, gerando um tempero de muita presença e personalidade. Os usos são múltiplos.

Vale a pena ter este coringa que vai durar vários meses na sua geladeira.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*