Tortinha de porco com maçãs e nozes

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Torta

Ver um monte de programas de culinária na TV tem que ter alguma utilidade.E foi vendo o Master Chef Professionals, da Inglaterra, que vi o chef Michel Roux desafiando os participantes a fazer uma tortinha de porco que, segundo ele é um clássico. Como sempre, não anotei a receita, mas memorizei o “espírito da coisa” cheio de intenções de ir para a cozinha.

A tortinha é simples, mas tem um resultado que impressiona pelo visual e pela complexidade do sabor. São poucos ingredientes: massa folhada, carne de porco, bacon, presunto, nozes e maçã. Além disso, só alguns temperos de seu gosto.

Como o chef francês, usei uma máquina de moer carne manual, desta de manivela, e passei por ela quantidades proporcionais de carne de porco (usei pernil bem limpo), bacon e lombo canedense (a receita usa presunto cru). Fiz uma coisa que o Roux não fez: passei pela máquina também um bom punhado de nozes.

Na TV usaram castanhas portuguesas, mas eu preferi usar nozes, por serem mais amarguinhas. Além de moer junto com a carne, piquei algumas com as mãos para ter pedaços graúdos na massa que compõe o recheio. Como o lombo e o bacon já têm sal, temperei só com um pouco de pimenta do reino moída e folhinhas de tomilho fresco. Basta misturar isto tudo e teremos o recheio pronto.

Não tem a máquina de moer carne? Acho que com um processador dá para chegar a bom resultado, se não abusar e deixar tudo muito empapado.

Montagem

Usei uma tigelinha de vidro como molde e abri sobre ela a massa folhada (comprei uma congelada),tendo o cuidado de untar antes o potinho para a massa não grudar. Acomodei bem a massa junto às paredes e coloquei a mistura de carne e nozes até a metade. Aí coloquei fatias de maçã verde e arrematei com mais uma camada de carne. Com mais um pouco de massa cobri a carne, selei as bordas e desenformei.

Para garantir brilho e cor bonita pincelei uma gema de ovo sobre as tortinhas e depois fiz semi-cortes para criar uma textura charmosa.

Depois de 45 minutos de forno as tortinhas estavam crocantes e o recheio cozido. Não precisou mais do que uma singela saladinha para acompanhar e compor uma refeição soberba.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*