Sanduíche de frango com abacate e bacon

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Sanduba-7

Sanduíche é sempre uma alegria. Embora seja associado erroneamente à ideia de fast food, um bom sanduba pode ser muito nutritivo. Este que fizemos com poucos ingredientes é um bom exemplo de um prato saboroso e cheio de qualidades nutricionais. Basicamente trata-se de um bom pão ciabatta com parmesão (comprado fresquinho na padaria do bairro), uma pasta de abacate, frango grelhado, bacon e tomate. Na verdade ele foi inspirado numa receita do Jamie Oliver, mas com as devidas adaptações.

A parte mais “complicada” (que na verdade não é nada complicada) é a pasta de abacate. Abrimos um abacate bem maduro, retiramos a poupa e temperamos com sal, suco de meio limão e pimenta branca. Para deixar bem cremoso trituramos com um mixer (pode ser liquidificador).

Para cada sanduíche usamos duas fatias de bacon que passaram pela frigideira de fundo grosso, bem quente, até ficarem crocantes.

Para fazer dois sandubas usamos uma sobrecoxa de frango orgânico sem pele e sem osso. Apenas temperamos com sal e pimenta do reino e grelhamos na frigideira sobre a gordura liberada pelo bacon. Quando ficou dourado por fora e ainda suculento fatiamos para colocar no pão.

Sanduba

Antes de montar o sanduíche abrimos o pão e o aquecemos na frigideira, até ficar levemente tostado na parte de dentro. Depois fizemos uma base com o abacate e dispusemos sobre ela as fatias de frango, bem farto. Sobre o frango as fatias de tomate (também orgânicos) e por fim o bacon e sua textura crocante.

O resultado encanta. Os sabores são fortes mas não brigam entre si, na verdade se completam. E a crocância do bacon se revela um ingrediente indispensável para despertas as sensações desejadas. É pura alegria e sabor!

 

 

One Comment

  1. Nayara Badke says:

    Gastão, vou experimentar fazer aqui em casa, deu água na boca. Está DEZ este blog de vcs. Já aguardo próxima receita. Se fizer o sanduba, digo o que pessoal achou aqui em casa!!!!!Beijos, Nay.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*