Sandubas ilustrados: Croque monsier com brioche

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly

 

Print

Hoje queremos apresentar uma novidade: estamos lançando, em parceria com a Vanessa Binder –  uma super amiga e pra lá de competente designer e ilustradora –  a série Sandubas ilustrados.

A parceira

Vanessa é nossa amiga de longa data, atualmente mora na Inglaterra e tem um site lindíssimo, o Bag the Cat . Depois de algumas conversas informais com ela chegamos a ideia de fazermos uma série de sanduíches, na linha dos clássicos. O desafio será fazer todo o processo: do pão ao recheio. O lindo disto tudo é que as receitas serão acompanhadas com fotos e ilustrações. Vai funcionar assim: às vezes nós escolheremos o sanduíche, preparamos e mandamos o texto e a Vanessa nos manda a ilustração, noutras vezes ela nos mandará a ilustração e o cardápio e nós teremos que nos virar por aqui. A ideia é que seja um desafio divertido para todos.

Começamos pelo clássico francês Croque Monsier. Para acentuar o tom francês, fizemos um brioche maravilhoso para ser a base do sanduíche.

Na verdade este sanduíche não é novidade aqui, já publicamos um feito com “pão de padaria” (veja aqui). A montagem é a mesma: além do pão precisamos de um molho bechamel, queijo prato em fatias, presunto fatiado e um bom queijo que derreta fácil (gruyère, emmental, mussarela ou mesmo um bom parmesão), que neste caso utilizamos um excelente Saint Paulin ralado. Na verdade trata-se de alternar as fatias de pão, o bechamel, presunto, queijo… e mais uma camada. O número de camadas é por conta do freguês.

Queijo

O bechamel (texto colhido lá no outro post)

Numa panelinha um pouco de azeite e manteiga (como já disse aqui no blog, o azeite serve para impedir que a manteiga queime) e uma colher de cebola ralada. Antes da cebola dourar acrescento uma colher de farinha de trigo que vai reter a manteiga e a cebola formando uma pasta. Fora do fogo acrescento um pouco de leite para ir desmanchando a pasta sem formar grumos quando estiver razoavelmente líquido, volto a panela para o fogo e acrescento mais um pouco de leite e mexo sempre, até levantar fervura em fogo baixo. Finalizo o molho com uma colher de creme de leite, que é opcional, mas deixa o molho mais aveludado.

CroqueMonsier

O brioche (receita do livro Le Cordon Bleu – todas as técnicas culinárias)

O brioche é um pão preparado com ovos e manteiga em abundância e pouco líquido. O resultado é um pão macio e amanteigado. Ele pode ser feito em vários formatos, embora tenha uma forma decorativa que o faz no formato tradicional. Fizemos como pão de forma.

Receita:

– 2 colheres  (sopa) de leite morno

– 375 g de farinha de trigo

– 2 colheres (sopa) de açúcar

– 1 colher (chá) de sal

– 5 ovos ( mais uma ovo batido para pincelar)

– 175 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

– 15 g de fermento fresco

Dissolva o fermento no leite morno. Cubra e deixe descansar alguns minutos até aparecerem bolhas na superfície. Peneire os ingredientes secos sobre uma superfície plana e faça um buraco no meio. Numa vasilha bata ligeiramente cinco ovos. Misture-os com o fermento e coloque a mistura líquida no buraco. Misture a farinha para formar uma massa mole e pegajosa. Sove até formar uma massa lisa. Faça uma bola e coloque-a numa vasilha untada com óleo. Cubra e deixe crescer até dobrar de tamanho (em torno de uma hora).

Novamente sove a massa, cubra e deixe por  mais cinco minutos. Em seguida acrescente a manteiga e amasse por 3-5 minutos, até que incorpore bem a gordura e a massa fique bem lisa (se for necessário use um pouquinho de farinha para dar o ponto). Cubra e deixe descansar por mais 5 min. Enquanto isso unte generosamente uma forma com manteiga derretida (esta receita pode ser dividida em duas formas para brioche ou uma forma para pão comum). Molde a massa ao formato escolhido. Se fizer no formato tradicional, não esqueça de fazer uma bolinha pequena para colocar sobre a bola maior. Cubra e deixe crescer novamente, até que a forma esteja cheia.

Pincele com o ovo batido e asse  em forno quente a 200º C, de 25 a 30 min. Desenforme e deixe esfriar.

CroqueMonsier

 

 

 

 

 

One Comment

  1. Achei uma fofura, amei a ideia do sanduba ilustrado (:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*