Caçarola de frango

Caçarola de frango

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Caçarola de frangoO livro À Mesa com Monet é uma preciosidade por suas lindas imagens, pelo lirismo como nos leva de volta a 1883, época que Claude Monet e sua esposa Alice instalam-se definitivamente em Giverny, França, com seus filhos.  E, sem dúvida, também é um livro adorável por suas receitas. Já postamos aqui a receita de um bolo e um pouquinho do que trata o livro.

Desta vez recorremos ao livro para fazer um frango para o almoço da segunda-feira. Tornou a comida trivial do início da semana num almoço de gala. Sem contar que é uma receita relativamente prática.

Segue, então, a receita da Caçarola de frango  ou Poulet en cocotte com as devidas adaptações que fizemos:

Ingredientes

– 50 g de manteiga

– 200 g de toucinho magro em cubinhos (coloquei uns 100g)

– 2 cebolas em rodelas finas (coloquei uma)

– 1 frango caipira de 1,4 kg, amarrado com barbante (usei três peitos de frango caipira, ficaria ainda melhor se fosse sobrecoxa)

– 125 ml de vinho branco seco (na falta do vinho branco usei Jerez)

– 50 g de cogumelos em fatias (usei  shitake)

– sal e pimenta moída na hora

Caçarola de frango

Acenda o forno em temperatura branda e deixe aquecendo.

Numa panela que possa ir com a tampa ao forno, derreta a manteiga (coloquei um fio de azeite para a manteiga não queimar). Em seguida coloque o toucinho e deixe dourar um pouco. Por fim acrescente a cebola e deixe que doure bem. Retire tudo da panela e reserve. Na mesma panela coloque um fio de azeite, em seguida o frango temperado com sal e pimenta, deixando dourar por igual. Recoloque o toucinho e a cebola na panela, adicione o vinho. Tempere com um pouquinho a mais de sal. Feche hermeticamente  a panela e leve ao forno durante duas horas. Vinte minutos antes de terminar o cozimento acrescente os cogumelos (neste momento aproveite para avaliar se está muito seco, se for o caso coloque um pouquinho de água para ter mais molho).

Finalize com um punhado de salsinha  e bon appétit!

Servimos com arroz e uma salada de repolho e cenoura refogados. Ficou bem legal!

 

4 Comments

  1. Uma delícia, acho que vou experimentar 🙂

  2. Maria cristina Adam says:

    adorei a receita , posso substituir o cogumelo por outro legume, pois a turma não gosta nem em conserva.

    • Oi, Maria Cristina. A combinação cebola + cogumelo + toucinho é bem especial e difícil de substituir… Acho que ervilhas (daquelas congeladas, sabe?) pode ser uma alternativa. Outra medida mais radical talvez seja não colocar nada, apenas excluir o cogumelo. Quando fizeres volte pra contar como ficou, tá? Abs.

  3. Que prato maravilhoso! Adorei! Beijinhos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*