Couve-flor gratinada

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Couve-flor

A couve-flor é considerada sem graça por muita gente. Injustiça. Ela é muito saborosa, especialmente quando cultivada sem nenhum agrotóxico, e pode render pratos bem interessantes como a tradicional couve-flor gratinada.

Primeiro se corta as couves retirando boa parte dos caules e deixando as pequenas “florzinhas” que devem ser bem lavadas. Elas devem depois ir para uma panela com água fervente e salgada por uns dois minutos, para um pré-cozimento. Depois da água quente passa por água gelada para interromper o cozimento.

Couve-florNuma travessa refratária se dispõem as couves e cobre-se com um molho bechamel (molho branco), cobre-se com uma generosa porção de queijo parmesão e leva-se ao forno para gratinar.

Para fazer o molho branco usamos uma colher de manteiga onde refogamos rapidamente uma cebola ralada. Na mistura de cebola e manteiga acrescentamos três colheres de sopa de farinha de trigo e depois, fora do fogo, vamos acrescentando meio litro de leite integral, cuidando para não embolotar o molho (se isso acontecer não entre em crise, use o liquidificador ou um mixer). Deixe apurar o molho até engrossar um pouco e tempere com sal, pimenta e noz moscada. Se gostar pode acrescentar uma colher de creme fresco.

A suavidade da couve-flor vai contrastar com a personalidade da “casquinha” de queijo e a intensidade do molho.

 

One Comment

  1. Ai, adoro fazer couve flor flambada com cachaça!Fica uma delicia!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*