Camarões com requeijão Catupiry

Print Friendly

Camarão com Catupiry é um clássico. Um clássico de grande efeito na mesa e fácil de fazer. O segredo é ter um camarão de boa qualidade, bem fresco e de tamanho médio. Além dele só precisamos de cebola, tomates, pimentões e ervas aromáticas de sua preferência. E um bom requeijão, é claro.

Numa panela capaz de abrigar com folga 1 kg de camarão descascado (porção para quatro pessoas), aqueça um pouco de azeite e refogue um cebola grande picada. Depois junte pimentões verdes e vermelhos (quantidade a seu gosto) e um dente de alho amassado. Depois junte os camarões e deixe refogar até que mudem de cor. Neste ponto, opcionalmente, pode-se flambar os camarões com cachaça ou conhaque, simplesmente adicionando meio copo da bebida escolhida e ateando fogo, para que consuma o álcool. O prato ganha muito sabor com isto.

Com os camarões já refogados é hora de entrarem os tomates. Use um tomate grande passado no liquidificador com um pouquinho de água ou meia lata de tomate pelatti tritutado. Se usar os tomates apenas picados, até que ele se desmanche o camarão terá passado do ponto e ficará “borrachudo”. Acrescidos os tomates não cozinhe este molho por mais de dois ou três minutos.

Tempere com sal e pimenta do reino moída.

Caso o molho fique muito líquido, acrescente um pouco de farinha de trigo diluída em água para engrossar um pouco. Por fim adicione um punhado generoso de ervas aromáticas frescas como salsinha, manjericão, alecrim, tomilho.

Montagem

Para montar o prato serão necessários dois potinhos de requeijão, de preferência um Catupiry original. O primeiro será usado para “forrar” o fundo e as laterais de uma travessa refratária. O segundo vai sobre os camarões que serão despejados sobre o “forro”. A travessa vai para o forno para gratinar até o requeijão ficar com “casquinha” marrom. Quem quiser acrescentar crocância ao prato pode cobri-lo, antes de ir ao forno, com uma camada de batata palha.

Servimos o prato com arroz branco e batatas assadas bem crocantes. Ficou maravilhoso, com muito sabor e perfume (das ervas), e a cremosidade singular do requeijão.

 

One Comment

  1. Hummmm com certeza vou fazer esse prato!!!!!
    Abraços
    Carine

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>