Ovos de pata com aspargos

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Nosso gosto pela culinária sugere aos amigos alguns presentinhos interessantes. A Rosangela e o Amberson, amigos de longa data, nos ofereceram ovos de pata, vindos da criação da família no Ribeirão da Ilha. São ovos de casca dura e clara, de um branco azulado e uma lisura encantadores.

As primeiras pesquisas sobre os ovos de pata destacaram a suas qualidades nutricionais abundantes, sendo reconhecido como ovos “fortes”. Quanto às formas de preparo sugeridas, de longe a opção de ovos fritos é a mais recomendada.

Aproveitamos que com a primavera o preço dos aspargos frescos fica mais razoável e resolvemos juntar os ovos de pata com os aspargos e tortinhas de batata.

Os ovos

Os ovos foram mais “chapeados” do que fritos propriamente. Numa frigideira pequena (do diametro de um ovo aberto) passamos uma leve camada de manteiga, só para untar. O ovo entrou quando a frigideira estava bem quente, mas logo baixamos ao mínimo o fogo, e as vezes quando achava que estava quente demais afastava um pouco a frigideira do fogo. Temperamos com sal (não se coloca sobre a gema!) e pimenta moída na hora. O resultado é a tradicional clara dura e gema mole. E neste caso é uma gema mais cremosa e densa.

Os aspargos

Os aspargos foram escaldados rapidamente (um minuto, no máximo em água fervente) e logo receberam um choque de água fria. Na hora de servir passaram por uma frigideira com um pouco de azeite de oliva, sal e pimenta.

Tortinhas de batata

Cozinhamos duas batatas grandes e com elas foi feito um purê. Depois de amassadas foram temperadas com cebolinha, salsinha, noz moscada, um pouco de sal, uma colher de creme de leite, uma colher (chá) de manteiga, um ovo. Misturados todos os ingredientes acrescentamos uma colher de sopa de amido de milho. Em seguida colocamos aproximadamente três colheres de farinha de trigo. A massa foi para a bancada, enfarinhada, e ali colocamos farinha até conseguir mexer a massa com a mão e fazer um rolo. Não ficará muito firme. Cortamos em fatias não muito finas e terminamos de moldar na mão. Colocamos na frigideira anti aderente para grelhar até dourar dos dois lados.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*