Encontros

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly

Lavar as taças depois de um encontro com amigos sempre dá o que pensar.

A vida é cheia de oportunidades e escolhas. Diria que somos privilegiados pelos encontros. Comida gostosa e bebidinhas pra molhar a palavra são pretextos para conviver com as pessoas que generosamente compartilham conosco seu modo de ver o mundo e se encantar com ele.

Adoramos receber a família e os amigos. Adoramos que a nossa casa seja o local onde os encontros são promovidos. Porque receber significa pensar nos detalhes da louça que será usada, na escolha de um cardápio, no momento das compras, os muitos minutos envolvidos na confecção de um prato, de um molho, de compartilhar um tempero especial… Mas, mais do que isso, receber é essa delícia de pensar na pessoa querida que vai chegar. É abrir espaço para compartilhar novos sabores, rir do que deu certo ou errado. É preparar o espaço e colocar as flores de forma que a pessoa perceba que são pra ela.

Gosto muito das coisas práticas e das coisas rápidas. Mas quando recebemos alguém não queremos nada ligado à noção de cozinha express. É hora de alegria sem pressa.

Receber bem tem a ver com a misteriosa arte de fazer a pessoa se sentir em casa. Não serei presunçosa a ponto de achar que conseguimos isso sempre, mas sei que tentamos. Nada é pior que estar num lugar e sentir que a sua presença não faz diferença ao anfitrião.

Enquanto coloco as taças para secar adoro pensar que elas simbolizam que algo ali foi compartilhado. Que a casa ainda respira a alegria do riso e do afeto ali vivido.

Claro que a vida não é um mar de rosas. É feita de enroscos e de uma boa mistura de coisas. É por isso mesmo que a gente insiste em ampliar os laços. Nos tempos de vida corrida mal conseguimos dizer às pessoas o quanto elas são especiais. Por isso o post de hoje é de agradecimento por termos amigos para compartilhar alegrias.

Um brinde à vida!

 

7 Comments

  1. Oi Sonia e Gastão,
    Muito lindo. Mesmo de longe (estou viajando pelo Nordeste), partilho e brindo com vocês,
    Um abraço

    • Gastão Cassel says:

      Colaço,
      Quando estiveres por Floripa precisamos marcar uma conversa – em volta da mesa, é claro – para nos contares das andanças por este mundo virado. Abçs.

  2. cheers! o/

  3. Cristiane Mohr says:

    Que delícia ler este texto!!! Parabéns!! e tin tin! 🙂

  4. Fátima Silva says:

    Ao redor da mesa, vocês juntam boa conversa, gargalhadas, histórias, imagens da vontade de se estar junto. Beijos, meus queridos. Fá

  5. Samuel Lima says:

    Soninha e “Raimundo”, meus queridos!

    Da parte que me toca, fui brindado com fidalguia por vosmecês (e pelo Aramis) no jantarzinho que fizemos para celebrar os 26 anos do @OneLag, na terça passada. Gratíssimo por tudo, amigos. É como cantava Vinícius “A vida é a arte do encontro”.

    Beijos nos corações,

    Samuca

  6. Soninha… Hoje priorizei este “encontro” contigo. Amei cada ângulo das taças. Lindas fotos!!! Tuas palavras – afetivas, compartilhadas – sorvi em pequenos e suaves goles. Sim! Um brinde à vida!!!! Abraço

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*