Raviólis de espinafre e pecorino

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

E foi para receber a superamiga Vanessa Binder e o Fabrício que pegamos o rolo de macarrão para fazer raviólis fresquinhos, recheados com queijo pecorino, espinafre e ricota de búfala. Tivemos também as companhias sempre agradáveis da @josivill e do @onelag. Mas vamos falar de comida.

A massa dos raviólis  é simples de fazer. Usamos 600g de farinhade trigo (média de 100g por pessoa) e seis ovos (um para cada 100g de farinha). Mistura-se e amassa-se até virar uma massa uniforme. Tem que misturar com as mão mesmo e passar por um momento em que parace que as nossas mãos nunca mais vão se livrar daquela coisa que gruda entre os dedos, mas aos poucos a coisa vai tomar jeito e no final a massa vai estar lisa e a mãos quase limpas.

Daí é o trabalho com o rolo de massa para abrir e montar os raviólis. Para modelar usei um aro de uns sete centímetros. A gente abre uma lâmina de massa, faz os montinhos de recheio, coloca a outra lâmina por cima, faz pressão entre os montinhos e depois corta com o aro. É bom depois fechar as estremidades pressionando com um garfo.

Recheio

O recheio escolhido foi para agradar vegetarianos. Uma mistura de espinafre previamente refogado com azeite e alho, com queijo pecorino ralado, ricota de búfala ralada e nozes picadas. Tudo apenas temperado com sal e pimenta. E só picar bem o espinafre e misturar tudo. Fica muito delicado e harmônico.

Molho

O molho que cobriu os raviólis foi feito com uma cebola picada que refogou em azeite até ficar transparente (mas não dourar) e dois dentes de alho. Daí entra uma lata de tomates pelados triturados, meio copo de vinho branco seco e dois ramos de manjericão. Aí é fechar a panela e deixa apurar. Fica um molho muito perfumado.

Finalização

Depois do cozidos em água e sal, os raviólis foram para uma travessa. Para não grudar, foram recebendo um fio de azeite de oliva e, por fim, o generoso molho de tomates com manjericão e uma salpicada forte de parmesão ralado.

Melhor do que esta refeição, só a boa conversa em volta da mesa, regada com um tinto encorpado!

 

One Comment

  1. Olá, conheci ontem o blog de vcs. Achei muito bom mesmo, todas as receitas dão água na boca e as explicações são bem claras. Parabéns!!!

    Resolvi testar esta receita ontem a noite em um jantar para um casal de amigos. Ficou ótima.

    Obrigado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*