Entrecot, salada e legumes

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Neste post não há nenhuma novidade gastronômica. Seu objetivo é apenas mostrar que as vezes o muito simples pode ganhar um toque especial.

Em plena sexta-feira indo para casa no horário do almoço passei num açougue e peguei dos belos bifes de entrecot, grossos, vermelhos e suculentos. Foram para a chapa bem quente e depois de selados temperados apenas com sal e pimentas moídas na hora. Os bifes dourados já compunham um pequena visão do paraíso para os carnívoros, mas ainda cabiam alguns acompanhamentos.

Para quem não sabe, o entrecot é um parte do contra-filet, corte apreciado demais pelos visinhos argentinos e uruguaios. O bife de chorizo, o bife ancho e o ojo de bife são outras partes dos contra-filet.

Para a salada alface, rúcula, brotos de alfafa e tomates. Tudo cortado em tiras Juliana e temperado com um molho forte composto por mostarda diluída em azeite de oliva.

Numa panela própria para cozimento a vapor coloquei batatas, cenouras e ervilhas tortas que, quando ficaram no ponto foram “puxadas” numa frigideira com azeite e arrematadas com sal, pimenta e um punhado se salsinha.

Como eu disse, não tem nenhuma novidade neste prato. Mas um trivial bem ajeitadinho deixa a vida bem melhor.

 

2 Comments

  1. Mônica Grumiché says:

    Hummmmmmm!!!
    Soninha do Céu!
    Eu e o Felippe ficamos aqui com água na boca vendo essas fotos e com saudade dos “chorizos” de Buenos Aires!!!
    Beijos querida e parabéns pelo blog…recebo todos os dias as postagens e ADORO!
    Já incrementei várias receitas com as maravilhosas dicas de vocês!

  2. Mônica, querida.
    Tens razão, este entrecot lembra bem a terra dos hermanos!!
    Grande beijo pra vocês.
    Saudades de ocê…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*