Torta folhada de shitake com nozes e sobrecoxas recheadas

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Às vezes uma sofisticaçãozinha não é pecado. Jantar de quinta-feira chuvosa e lá vamos nós para a cozinha, e literalmente a dois. Soninha cuidou da leve e pungente torta de shitake com nozes; eu fui dar destino às sobrecoxas de frango desossadas.

A torta começou com um refogado. Sobre a manteiga derretida no fundo da frigideira caíram fatias de shitake (pode-se usar outros tipos de cogumelos), cebola picadinha e um pouquinho de alho em flocos. Tudo temperado com sal e pimenta e, no final, um punhado de salsinha e nozes picadas.

O refogado foi para o fundo de uma pequena travessa refratária, redonda, e cuidadosamente coberto com uma camada de massa folhada (no caso uma destas compradas em supermercado). Entre quinze e vinte minutos e a massa está sequinha. Aí é só desenformar, salpicar mais um pouco de salsinha e arrematar com um fio de azeite de oliva.

As sobrecoxas desossadas foram temperadas com sal e pimenta, recheadas com tomates secos hidratados, pedaços de mussarela de búfala e salsinha picada. Os bifes foram enrolados e amarados com barbante e levemente cobertos com farinha de trigo.

Os “rocamboles” foram para um frigideira com fundo de manteiga e azeite de oliva e fritos atenciosamente para que todos os lados ficassem iguais. Quando ficou no ponto foi só tirar o barbante e fatiar.

A combinação dos dois pratos ficou um escândalo. O frango suculento, a massa folhada, as nozes, os tomates secos e a textura única do shitake fizeram uma festa na boca. Sabores distintos e harmônicos.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*