Frango, spaghetti e alcachofras

Facebooktwittergoogle_plusredditmail
Print Friendly, PDF & Email

Soninha surtou e resolveu preparar entradas para o almoço de terça-feira. Duas hipóteses: 1) comemoração da passagem do técnico que trocou o filtro da coifa e deu uma regulada nota 10 no fogão; 2) enfrentamento do seu trauma na preparação de alcachofras. Isto mesmo: a entrada que ela resolveu fazer era com fundos de alcachofras.

Depois ela vai contar como se prepara aquela delícia. O que eu posso adiantar é que fui degustando esta delicadeza de sabor enquanto preparava a parte “grossa” do almoço.

Foi spaghetti com sobrecoxa de frango ao molho de tomate. Basiquinho. Temperei duas sobrecoxas com sal e pimenta e pus logo numa frigideira funda, com fundinho de azeite. Doura dum lado, doura do outro e lá vem cebola. Meia branca e meia roxa, bem picadinhas, refogaram até ficarem levemente moles. Aí veio meia lata de tomate pelado picadinho, correção de sal, pimenta e um toque de manjerona. Um pouquinho da água em que a massa começava a cozinhar entrou para alongar o molho.

Quando a massa ficou pronta tirei os pedaços de frango da frigideira, botei mais um pouquinho da água da massa no molho que estava bem apurado, e entrei com a massa na frigideira mesmo. Antes de misturar no molho, polvilhei parmesão ralado e salsinha picada.

É verdade que perto das alcachofras ficou simplesinho, mas não dá para dizer que não ficou bom. Para uma terça-feira foi um espetáculo.

 

5 Comments

  1. Parece muito bom. Maaaasss: cadê a alcachofra?

    🙂

  2. Maria Elisa Máximo says:

    Gastão, querido: contado deste jeito, e com esta imagem, o “basiquinho” ficou sofisticadíssimo. Parabéns pelo blog; ele está cada dia mais gostoso. Beijo grande.

  3. Simplesinho era o meu de onte, bolonhesa. Esse aí tá uma coisa!
    Mas a Audrey tem razão. Vc comeu as alcachofras antes de fotografar, foi?

  4. Queridos, no sábado vai ter alcachofra aqui também… só de raiva!!!! Na terça comi uma empanada (urgh) Gastão, basiquinho, pois sim!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*